/ 16.10.17 / No comments / , , , , , ,

À volta da mesa com Mafalda, Loveat // 4



À volta da mesa, uma série de publicações sobre uma temática com grande peso na Vida em família: a alimentação. Com a colaboração de experts na matéria que partilham receitas e nos ajudam neste percurso rumo a uma vida cada vez mais saudável, consciente e vivida em família.




Esta semana vamos ter um Workshop prático sobre a mudança e introdução de novas estratégias nos hábitos alimentares e de consumo das famílias.
Integrando uma série de propostas Nheko que no decorrer deste mês de Outubro estão a acontecer na Academia Organii, À volta da mesa: Primeiros passos para uma mudança em família acontece já esta quinta-feira próxima, dia 19, entre as 18h30 e as 21h30.

Eu vou estar com a Marta Garcia - MartinaTree, que já faz parte desta família Nheko,  e inicialmente iremos falar de estratégias para envolver toda a família nas mudanças e tomada de consciência; partilhar ideias simples e exequíveis e dar exemplos práticos.
Muitos dos conteúdos incluídos nesta série À volta da mesa, servem de base para esta partilha.

Posteriormente serão apresentados vários passos no sentido de uma mudança efectiva, vamos falar de listas de compras básicas, de locais de venda e produtos a ter em casa de forma a criar uma base para o dia a dia. 
Na terceira parte haverá a partilha de receitas e a degustação das mesmas. 

Saibam mais informações aqui.
Para inscrição enviem mensagem para: lojaorganii@organii.com

Fotografias Pau Storch


Neste âmbito e pensando nos passos firmes que temos de dar neste sentido da mudança de hábitos de consumo, convidei a Mafalda Rodrigues de Almeida, autora do Loveat, a participar nesta nossa publicação.
Conhecemo-nos num workshop que fiz com a minha filha Eva no Café Galeria House of Wonders e tornei-me desde então sua fiel seguidora, a Eva também se sentiu bastante inspirada pela Mafalda e desde aí começou até a ponderar vir um dia a ser nutricionista.

Licenciada em Ciências da Nutrição pelo Instituto Superior de Ciências da Saúde Egas Moniz e com uma formação como Mestre em Politicas alimentares na City University London, lançou em 2014 o seu primeiro livro de receitas, Gourmet em Casa, onde junta as receitas da sua infância e adolescência. Em 2016 lança o segundo livro dedicado a receitas com Superalimentos e, segundo a própria, com uma perspectiva muito mais funcional da alimentação.

Mafalda defende que "a alimentação é a nossa base, a forma como nos alimentamos representa a forma como nos tratamos a nós mesmos. O nosso corpo é a nossa casa, se não o tratarmos bem, não nos podemos queixar que ele comece a falhar. Como tenho estes problemas digestivos, noto isto em primeira mão. Sempre que como bem e respeito o meu corpo e aquilo que sei que lhe faz bem sinto-me mais bem disposta e com mais energia. Quando descuro a minha alimentação, como menos sopa ou fruta, noto logo menor capacidade de concentração, menos energia, mais preguiça. É um ciclo vicioso."

Inspirada pela bisavó e pela sua comida que apetecia só pelo cheiro, Mafalda recorda-se de pôr a gravar em VHS programas de cozinha como os da Marry Berry e da Martha Stewart e, mais tarde do Jamie Oliver, Nigela Lawson e Anthony Bourdain
Chegava das aulas e ficava a lanchar e a sonhar com todas aquelas receitas. 
Cá em casa há uma menina que faz exactamente o mesmo, só não grava em VHS.



A Mafalda partilha aqui alguns truques para uma alimentação saudável sem gastar muito dinheiro no supermercado:

Compre as leguminosas secas
Costumo comprar leguminosas avulso, demolhar, cozer e congelar em caixinhas para usar quando preciso. Uma embalagem de 500g de grão de bico seco, por exemplo custa 0,95€ e dará para o dobro do seu peso em grão cozido enquanto que uma embalagem de 830g de grão de bico cozido custa 0,79€ mas só traz 520g de grão. 

Compre as ervas aromáticas em vaso. 
Mesmo que não tenha muito espaço na sua cozinha, tente criar uma floreira vertical. Os vasos das ervas aromáticas custam, em média, 1,49€ e, quando bem tratados, duram bastante tempo. Por outro lado, uma embalagem de ervas aromáticas pode custar 1,39€ mas tem apenas cerca de 1 semana de validade mantendo as folhas frescas. 

Compre os legumes frescos avulso. 
Tal como no caso das leguminosas, compensa sempre mais comprar em quantidades maiores mas mais naturais e arranjar em casa. 
No caso da abóbora menina, custa 1,09€ o kg, 300g embalados e cortados em cubos custam 0,99€ , e 500g aos cubos e congelados custam 1,59€. 
Mesmo considerando o desperdício da casca e sementes, a abóbora inteira continuaria a ser a melhor alternativa. Além disso pode cortá-la em cubinhos pequenos para assar ou cubos médios para a sopa e congelar em doses já preparadas. 
Aproveite os alimentos na integra. Se lavar bem e triturar a casca da abóbora ainda com um pouco de abóbora e juntar umas sementes de chia, pode colocá-la num tacho e cozer em lume brando até formar uma compota. Assim reaproveitará toda a abóbora e conseguirá poupar mais do que comprando uma compota (1,4€ por 375g). 
Poderá ainda lavar e guardar as sementes da abóbora em vez de as comprar (200g a 2€). Depois pode colocar essas sementes nas suas misturas de cereais, ou tostar e polvilhar sobre a sopa ou iogurte. 

Faça os seus cereais e granolas em casa. 
Enquanto que uma mistura de cereais crunchy já preparada com 500g custa 2,19€, 400g de flocos de aveia custam apenas 0,89€. 
Mesmo juntando mais alguns ingredientes como frutos secos ou sementes conseguirá obter quase o dobro da quantidade pelo mesmo preço. 
Para lhes conferir um toque mais saboroso basta levar ao forno a tostar durante 5 a 10 minutos e, se for mesmo guloso, pode juntar algumas passas ou fruta desidratada. Assim evita ainda os açúcares adicionados, o sal, e todos os conservantes e aromatizantes. 

Faça as suas bebidas vegetais em casa. 
A diferença não é muito grande mas, para fazer 3l de bebida de amêndoa pode triturar 3L de água com cerca de 200g de amêndoas (que custam cerca de 5€) e depois coar o liquido com um filtro de café. 
Quando acabar de coar pode colocar o miolo de amêndoa triturado num tabuleiro de ir ao forno e deixar tostar. Pode depois juntar a sua mistura de cereais ou ao iogurte e já poupa nesse ingrediente.
Para obter os mesmos 3L de bebida de amêndoa já feita gastaríamos 1,69€ por litro, ou seja 5,07€ sem podermos aproveitar o miolo de amêndoa e com mais alguns aditivos à mistura. 

Compre os seus iogurtes em embalagens grandes em vez de individuais. 
Transfira o iogurte grande para 4 para frascos esterilizados e feche bem. Se os consumir dentro de cerca de 4 a 5 dias, verá que acaba por compensar o preço. 
Enquanto uma embalagem de 500g custa 1,59€ (0,39€ cada dose – dá para 4 doses de 125g), uma embalagem de 125g custa 0,59€, ou seja, poupa 0.20€ por cada iogurte. 

Compre os cereais inteiros e triture-os para obter farinha. 
Uma embalagem de flocos de aveia integral com 400g custa, por exemplo, 0.99€ enquanto que uma embalagem de farinha de aveia integral com a mesma quantidade custa 1,19€. 

Compre a carne e o peixe inteiro em vez de às peças. 
Um frango inteiro, por exemplo, custa 1,58€ o Kg, as pernas custam 2,99€ o Kg e os peitos 5,99€ o Kg. Além disso, com um frango inteiro podemos aproveitar para fazer caldos para risottos ou canja, e o mesmo acontece com o peixe inteiro. 

Compre especiarias avulso ou em saco em vez de em frascos. 
Pode reciclar frascos de outros alimentos ou comprar uns específicos e colocar as suas especiarias. 
A canela em saco custa, por exemplo, 28,60€ o Kg enquanto que em frasco custa 45,9€.


Podem seguir seguir a Mafalda através do Instagram, Facebook, Youtube e Site.

Fotografias CVLove
Share This Post :
Tags : , , , , , ,

Sem comentários:

Enviar um comentário

Sobre Nós

Apresentação

O meu nome é Alexandra, vivo com o meu namorado de sempre e juntos temos quatro filhos. Nheko é um espaço de partilha sobre a vida em família - a nossa e outras - e de divulgação de pessoas que fazem coisas realmente inspiradoras. Sejam bem-vindos.

A nossa loja

@nheko_

Seguir por e-mail

Pesquisar