/ 27.1.16 / 2 Comments / , , , ,

Joana: o problema pode ser a solução


Esta é uma mulher surpreendente e este um exemplo inspirador e ilustrativo de que podemos fazer muito com o que a vida nos dá.
A Joana soube transformar um handicap numa mais-valia.
A fazer terapia há mais de 4 anos ela "utiliza" a sua paranóia | transtorno obsessivo-compulsivo para a criação de um serviço que é uma possibilidade de ajudar os outros retirando o máximo de prazer no que faz, a Joana pegou no seu problema e transformou-o numa solução para ela e para muitos outros.





Desde sempre se lembra de ser obsessiva na arrumação das suas coisas, ao ponto de ter sempre os livros organizados por tamanhos, as meias ou as camisolas por cores, os vernizes em degrade; estas tarefas eram uma necessidade e algo do qual retirava prazer ao contrário da maioria das pessoas que as detesta.

Para a Joana, arrumar armários de roupa, organizar de forma lógica e funcional a cozinha ou a despensa, transformar o caos de uma arrecadação ou garagem num espaço agradável onde tudo está devidamente arrumado e etiquetado são desafios que a estimulam e que desempenha com grande eficácia e rapidez.


Mãe de quatro filhos apercebeu-se que precisava de ajuda e que esta sua obsessão se estava a tornar prejudicial à sua vida em família e ao seu bem estar pessoal, recorreu à terapia e desde então sente que consegue aceitar melhor a desarrumação normal de uma casa cheia ou respeitar a opinião dos filhos quando preferem que as meias não façam pandam com a camisola. Sente-se mais tranquila e serena mas acha que ainda tem um longo caminho pela frente.

Quando se sente à vontade em casa de algum amigo, naturalmente começa a colocar os livros da estante por ordem de tamanhos, arruma os brinquedos do quarto ou a gaveta dos talheres. Tem soluções práticas para as coisas mais incríveis e surpreende sempre com a forma funcional como olha para a casa.
Aliado a estas particularidades a Joana tem formação na área de design de interiores e muito bom gosto no que toca à decoração das casas. 


Nós tivemos o privilégio de contar com esta ajuda na organização de um armário de parede que fica no quarto do (Bo)Nheko.
Este armário guarda casacos, roupa da estação adormecida, a pilha de roupa que aguarda pacientemente por ser dobrada e uma zona com as coisas do Raul - brinquedos, livros, jogos...
Na nossa casa há espaço a menos para arrumações e eu detesto guardar coisas, sou óptima no destralhanço e em me ver livre do que não me faz falta, ainda assim as coisas acumulam-se e ocupam todos os cantinhos disponíveis. Juntando a isto uma incapacidade e falta de gosto por este tipo de arrumações, a confusão instala-se com facilidade.
Neste armário vivia-se o CAOS. Era necessário organizar as coisas de forma a que soubéssemos o que tínhamos lá guardado e, mais importante ainda, criar um espaço para os jogos e outros materiais de forma a que o acesso fosse fácil e estimulasse a autonomia do mini rapaz. 
Entretanto tínhamos também umas dezenas de livros de literatura infantil que precisavam de descer dos quartos das manas para o quarto do mano. Para mim parecia-me uma missão impossível.

Fotografias Vitorino Coragem

Durante umas cinco horas demos no duro, tirámos tudo, limpámos, seleccionámos, organizámos e arrumámos este grande armário. O resultado não podia ser melhor, e o mais engraçado para mim, que odeio este tipo de tarefas, é que foi muito divertido e aprendi alguns truques que me vão ajudar a manter a ordem e a dar uma excelente utilização a cada espacinho.
Enquanto bebíamos um café no fim do trabalho a Joana ainda teve tempo de arrumar as minhas gavetas da cozinha que são a maior confusão do mundo, a Eva adora pequenos utensílios e tem imensos objectos estranhos que servem para cortar as maçãs em estrela, tirar a casca a kiwis, colheres de medição de todos os tamanhos e por ai fora. A Joana conseguir colocar tudo de forma tão organizada que finalmente abrimos as gavetas e não ficamos imediatamente com vontade das fechar e desistir.
Obrigada Joana e parabéns pela tua coragem e força, utilizar aquilo que pode ser limitativo na nossa vida para agir e abrir um mundo de possibilidade é, sem dúvida, um exemplo a seguir!

Esta publicação é uma colaboração com a JESTUAL, a pequena empresa da Joana que está em início de vida que o projecto Nheko apoia.
Share This Post :
Tags : , , , ,

2 comentários:

Sobre Nós

Apresentação

O meu nome é Alexandra, vivo com o meu namorado de sempre e juntos temos quatro filhos. Nheko é um espaço de partilha sobre a vida em família - a nossa e outras - e de divulgação de pessoas que fazem coisas realmente inspiradoras. Sejam bem-vindos.

A nossa loja

@nheko_

Seguir por e-mail

Pesquisar