/ 29.1.16 / 3 Comments / , , , , ,

10 livros escolhidos a dedo


Nos últimos tempos não tenho lido tanto como gostaria, parece-me que é um mal que afecta muita gente, eu acabo por me perder nas "malhas" da Internet onde encontro conteúdos interessantes e vejo coisas muito inspiradoras mas que não me preenchem como uma boa história de um livro, ando por isso a tentar recuperar o hábito de ter sempre um livro comigo e aproveitar as pequenas paragens que vou tendo para pôr a leitura em dia.

No entanto, desde o nascimento do (Bo)Nheko o que voltou em força à minha vida foi a literatura infantil, é uma paixão de longa data e, ao longo dos anos, fomos acumulando uma boa colecção de livros, maior parte deles muito bonitos e com recheios fantásticos.
Nos anos que trabalhei no Serviço Educativo do Centro Cultural de Cascais, tive o privilégio de ter contacto com muitos escritores, ilustradores e editores que me foram dando a conhecer este universo e as potencialidades desta ferramenta no processo educativo e no crescimento dos meus filhos.


As linguagens criativas são terreno muito fértil para vivências significativas e podem ser também um território neutro onde conseguimos sair de nós mesmos e ensaiar outras sensações, viver experiências que nos podem ajudar a compreender a realidade.
Existem livros absolutamente fundamentais para abordar alguns temas e ajudar ultrapassar situações de conflito.
Um livro pode funcionar como um tubo de ensaio onde retiramos de nós próprios o peso da emoção em causa e a transferimos para as personagens ou para a mensagem do livro.



Seleccionei 10 livros que têm tido um papel fundamental na vida da nossa família e outros que, sem ter um carácter de utilidade, contribuem para animar os nossos dias.
Estes livros destinam-se a crianças pequenas, entre os 2 e os 10 anos aproximadamente, tenho alguma dificuldade nesta "classificação etária" mas acho que foi nessas idades que lhes demos maior uso com as meninas.

- Obrigada a todos, Planeta Tangerina. O nome diz tudo, reconhecer quem nos ajuda e ensina e agradecer é uma forma de viver mais ligado aos outros. Este livro já era das três manas e agora está no TOP+ do mini rapaz.

- Avós, Kalandraka. O envelhecimento é um processo natural e bonito, o amor faz-nos ver a verdadeira essência das coisas, a beleza não tem idade.. várias são as aprendizagens que se podem tirar deste livro maravilhoso, a história de um casal de idosos que vai dançar. Um dos livros favoritos de sempre da Rita.

- A coisa que mais dói no mundo, OQO Editora. A mentira, este é um tema quase incontornável na educação. Este foi um livro fundamental para falar disto sem estar a utilizar nenhum exemplo constrangedor. Quando tinha as três raparigas pequenas era complicado falar sobre alguns assuntos sem que elas imediatamente relacionassem e utilizassem exemplos concretos e que envolviam uma delas. Além de ser aborrecido, não é nada construtivo, fomenta a acusação e é péssimo para a auto estima da "acusada". O recurso aos livros é uma boa estratégia, fala-se do mesmo assunto mas o foco é a personagem ou a história do livro, hoje em dia utilizo mais os filmes, nesta fase agora da adolescência é muito eficaz.

- A Fada Bruxa, Edições Kual. Nem sempre os filhos e as mães estão de acordo, eu e a minha filha mais velha sentimos isso bem cedo mas eu sabia que a vontade de me agradar e corresponder às expectativas que a Rita sabia que eu tinha iam ser prejudiciais ao seu crescimento saudável. Sempre tivemos uma relação muito próxima e a uma certa altura eu recorri a este livro para lhe "falar" que podemos ser muito diferentes uns dos outros, respeitando essa diferença e aceitando a diversidade como algo valiosos e não como motivo para afastamento. Nesta história a mãe e filha vivem uma situação de confronto e ruptura e depois conseguem ultrapassar, há a afirmação da personalidade da filha, a diferença, o respeito e o amor. Este é um livro absolutamente precioso.

- Laura e o coração das coisas, Edições Dom Quixote. Laura só tem o número de coisas das quais consegue gostar, arruma os seus objectos por famílias: o livro pai, o livro mãe e o livro filho e aprende no decorrer da história o prazer de dar aos outros o que já não quer. 
Esta história foi o mote para pedirmos aos nossos amigos e familiares para transformarem os presentes de natal em presenças. Tem sido uma boa ferramenta para discutir o consumismo, a importância de gostarmos das nossas coisas e sabermos cuidar delas e também para ajudar a perceber a importância de dar a outros meninos o que para nós já não tem significado.

- Eu não fui, Kalandraka. Um dos meus favoritos, sei-o de cor e salteado. Já era das meninas e quando foi redescoberto pelo (Bo)Nheko transformou-se logo num dos seus preferidos. Com umas ilustrações muito engraçadas este livro trata a questão das consequências dos nossos actos, as directas e as indirectas, com grande sentido de humor.

- Quero o meu chapéu, Mini Orfeu. Este é um livro excelente sobre a mentira e as desculpa esfarrapadas. Um livro com pouco texto muito divertido que deixa ao leitor a interpretação da história.

- Os nossos corpos são todos diferentes, Editorial presença. Somos todos diferentes, uns são mais altos outros mais baixos, há caras redondas, outras ovais, os corpos mudam com a idade, ao sol há quem fique vermelho e outros castanhos... Este é um livro giro para conhecer as diferentes partes do corpo e para abordar o tema da diversidade e da igualdade. Adapta-se bem a diferentes idades, com uns fala-se de coisas mais simples e com os outros de outras mais complexas e profundas.

- Oh João!Foste tu porcalhão?, Edições Dinalivro. Um livro muito divertido sobre puns, repreensões e sobre a hipocrisia generalizada do faz o que eu digo, não faças o que eu faço (quando ninguém está a ver...)! 

- O ladrão de galinhas, Bags of Books edições. Uma história sem palavras que nos mostra o aparecimento do amor improvável entre duas personagens. Uma das favoritas do mini rapaz que a consegue contar só com sons e interjeições muito expressivas, um mimo!

Fotografias Vitorino Coragem
Share This Post :
Tags : , , , , ,

3 comentários:

  1. Olá Alexandra, vi hoje esta publicação. Vou tentar encontrar algumas das suas sugestões (algumas já conheço) numa livraria perto de casa :). Partilho a paixão pela literatura infantil e concordo com o facto de o livro poder ser uma ferramenta educativa fundamental. Falando pela minha experiência, não só para crianças, mas também para adultos. Há mensagens maravilhosas.
    Obrigada pela partilha.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, os livros têm links que permitem a compra online.
      Para a semana teremos novidades nesta área aqui para os lados da NhekoShop, fique atenta ;-) Obrigada

      Eliminar

Sobre Nós

Apresentação

O meu nome é Alexandra, vivo com o meu namorado de sempre e juntos temos quatro filhos. Nheko é um espaço de partilha sobre a vida em família - a nossa e outras - e de divulgação de pessoas que fazem coisas realmente inspiradoras. Sejam bem-vindos.

A nossa loja

@nheko_

Seguir por e-mail

Pesquisar